quinta-feira, 26 de maio de 2016

A idade já não é o que era...

Acordei às sete da manhã e fui para a clássica reunião de encher os chouricinhos. Quanto mais tempo passa, menos eu percebo corporate mentality e as prioridades que as empresas têm.

Seguiu-se um dia do demónio com a pequena luz ao fundo do túnel de um jantar com amigos na Tasca Anti-Dantas que não deixou de ser carrossel, umas vezes em cima e outras em baixo, confundiram o dia da nossa reserva e deram-nos uma garrafa de tinto para encher mais uns chouricinhos (há dias que parece que a minha vida é toda um fumeiro) e começámos a jantar com quase duas horas de atraso.

Há umas semanas quando estive na terra do Tintim deu-nos uma paragem mental e andámos à procura de fondue de queijo mas só encontramos fondu de queijo, comi-o na tasca mas #ficaadica que batata doce desfaz-se toda no queijo derretido.

Acabámos a noite no Titanic sur Mer, e tive cãibras nos dedos dos pés e nas pernas e mesmo assim continuei a dançar, vimos algumas lip sync battles mas às quatro já estávamos em casa. Não me apetece a fazer a ponta e estou morto no sofá...

Sem comentários:

Publicar um comentário