quarta-feira, 21 de maio de 2014

Simplicidade num frasco

A semana passada foi avassaladora, o trabalho consumiu-me da pior maneira, não me apetecia fazer nada, li-vos porque o faço diariamente, lá fui vendo as minhas séries mas senti-me tremendamente mal.

É chegando ao fundo do poço quenos vemos confrontados com os nossos maiores temores, posso dizer que sobrevivi e ultrapassei as minhas dúvidas e ergui-me.

No domingo tinha um trabalho de maquilhagem, uma mulher desconhecida que obteve referências minhas através se uma amiga e depois de uma troca de palavras fiquei a saber que ela nunca se maquilhou para além de mascara de pestanas e baton e que iria estar num evento no qual não se sentiria confortável de cara lavada.

Pouco ou nada sabia dela para além destes pormenores, que era pálida, de olhos azuis e o cabelo outrora louro.

Cheguei pelas seis e descobri que o evento era a Gala dos Globos de Ouro, a minha cliente é uma mulher lindíssima e elegante mas como muitas mulheres que se sentam numa cadeira de maquilhador não se conseguia ver através dos nossos olhos, os olhos cheios de expressão, uma estrutura facial maravilhosa e uma pele invejável, não vos consigo transmitir a intimidade naquele momento, partilham-se algumas confidências e ocorre uma transformação, nada bate aquele instante em que a mulher se olha ao espelho e é como se conhecesse uma nova faceta, ela disse-me que estava feliz e eu prossegui o meu rumo.

Ao folhear uma revista cor de rosa, vi-a sorridente e confiante e senti-me feliz, fiz parte daquele momento, trouxe a revista para casa, provavelmente a primeira vez que comprei uma publicação do género para guardar aquele momento comigo, estes são os momentos que marcam o momento em que me quis tornar maquilhador.

Em casa, abri um frasco de molho indiano Pataks e fi-lo com soja porque por muito que eu goste de cozinhar por vezes basta o simples acto de abrir um frasco e relaxar com um pouco de confort food para colocar tudo em perspectiva.

15 comentários:

  1. O importante são mesmo os bons momentos, em especial aqueles que nos fazem sentir que valeu a pena viver mais um dia.

    (como se eu percebesse alguma coisa do assunto)

    ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De certeza que sabes o que é ter um dia que valeu a pena.

      Eliminar
  2. Muitos parabéns! Deve ser espectacular esse tipo de reconhecimento, mesmo sendo "silencioso" :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É daquelas coisas coisas que se fazem por gosto e pelo resultado, no meu caso é sempre elevar e respeitar a mulher que se senta na minha cadeira em vez de lhe por uma máscara em cima.

      Eliminar
  3. diz-me só o vestido que ela usava :p
    é tão bom sermos reconhecidos pelo que de melhor fazermos.
    food confort, o que estou a resistir... praticamente 2 kgs já se foram :) vitória, apesar do pouco que é.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Preto, comprido e com decote.

      Resistir à culinária é daquelas coisas que me é sempre mais difícil. Estou em negociações para o próximo encontro clandestino.

      Eliminar
  4. Então estás de parabéns!!! É sempre bom a gratificação de ver o nosso trabalho (seja de que tipo for) ser recompensado. Ao ler o teu texto, na parte final o frasco de molho indiano Pataks é como uma espécie de fecho de cortina numa peça de teatro. :-)

    ResponderEliminar
  5. Nestas coisas sinto-me com sorte, ainda que nem sempre a vida proporciona-me praticar as minhas paixões e talvez porque não sejam rotinas se tornem ainda mais especiais.

    ResponderEliminar
  6. nem sempre são as grandes coisas que nos fazem sentir realizados profissionalmente, mas ajudar alguém a resolver os seus problemas é sempre gratificante.
    abc

    ResponderEliminar
  7. Parabéns pelas conquistas. É muito importante o reconhecimento do trabalho, ninguém vive isolado naquilo que faz. Por outro lado, tenho dado pela tua ausência, não que eu seja a pessoa mais assidua do mundo, eu sei. Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Cris, há alturas que não há mesmo nada para escrever. Um beijinho!

      Eliminar
  8. Respostas
    1. Mais para ela do que para mim, mas obrigado.

      Eliminar
  9. É sempre um prazer fazer arte e uma boa tela é sempre imprescindível.

    ResponderEliminar