sexta-feira, 21 de março de 2014

Valha-me o Senhor dos Passos

Eu sou o homem da funerária, no trabalho visto preto com camisas brancas e gravatas escuras, os cintos pretos e os sapatos pretos o que implica uma grande rotação nos sapatos.

Estes últimos que comprei devem ter sido postos na loja por um assassino que quer começar pelos pés, nem pensos de silicone, nem creme anti-fricção, ando aqui com os pensos dos sapatos de salto alto que são os únicos que me safam... ai trabalho a quanto obrigas.

16 comentários:

  1. Sempre disse que uma funerária devia ser um negócio rentável. :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O meu irmão tinha uma teoria sobre ir buscar as flores dos funerais anteriores, até fiquei com os cabelos da nuca em pé.

      Eliminar
  2. e o clássico esfregar os sapatos com álcool?...
    e pensei eu que fosses tipo aqueles maquilhadores todos fashion da moda lisboa... :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunca experimentei isso! Por dentro?

      Nah no dia a dia primo pelo básico, anos de ser gótico por fora fizeram-me apreciar a simplicidade, agora sou só gótico por dentro.

      Eliminar
    2. sim, por dentro, dizem que o álcool amacia o couro. é tentares.

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Ainda bem que comentaste vou ali esfregar os sapatos com alcóol como sugeriu a Margarida.

      Eliminar
  4. Ui, que ele anda todo arreado! :D Eu cá uso ténis e já é muito! LOL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não posso usar ténis no trabalho.

      Eliminar
    2. Cada um usa o que merece Eolozinho :P

      Eliminar
    3. Não me agradam diminutivos.

      Eliminar
    4. Estou a ver que fui muito subtil, não me agrada qualquer tipo de alcunha.

      Eliminar
    5. Eu percebi. Mas gosto de ser irritante LOL

      Eliminar
    6. Let's hope it doesn't come back to bite you in the ass.

      Eliminar