quinta-feira, 9 de julho de 2015

Dicionário Urbano

In gay culture, the act of pointing out a flaw in someone else (usually publicly and in front of them) and exaggerating it.
Gay guy 1: "Those shorts weren't made for you, honey. Look at that muffin top. More like a cupcake top!" 
Gay guy 2: "Bitch, why are you reading me?
Ler é fundamental.

6 comentários:

  1. Respostas
    1. já ouviste 'um belo quarto vazio? do EW( no meu post de hoje)? descreve muito bem a fixação pelos ganchos das calças e outras cenas que tais.

      Eliminar
    2. Vou ouvir, é autobiográfico pelo que li e tenho 4 livros por adquirir no Audible porque subscrevo a compra de 2 livros mensalmente.

      Eliminar
  2. É curioso, estava justamente a meio da revisão de um livro que vamos publicar em breve, onde se afirma o seguinte: "De imediato, Zebra Katz, nome artístico de Ojay Morgan, passou a ser conotado com a estética queer. Por causa, é o que se conta, de duas palavras usadas na letra de “Ima Read”: 'reading', calão nova-iorquino para os comentários depreciativos que as ‘bichas’ fazem umas às outras; e 'bitch', que aqui funcionava não como insulto às mulheres mas imitação, uma vez mais, da forma de tratamento entre alguns gays. Uma estética camp de entrelinhas."
    Não acredito em brujas, pero que las hay...! ehehe

    A canção é esta: https://www.youtube.com/watch?v=mEiXsUiVZ34

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hehehehe, a mi non me dan miedo las brujas, me dan miedo los hijos de puta. Desculpa é uma referência a um filme espanhol.

      Reading é uma expressão queer popular que há cerca de 5 anos passou para o mainstream com séries como RuPaul's Drag Race, mas hoje em dia não é só a comunidade gay que as usa, a comunidade afro-americana também usa muito essa expressão.

      Estamos em sintonia João. ;)

      Eliminar